Soluções que conectam e protegem

14.fev | 2023

Dicas de como se proteger de ataques às redes de OT

Em 2022, a Fortinet, através do seu relatório global sobre segurança cibernética, divulgou dados preocupantes, no que tange a segurança das organizações do ramo da Tecnologia Operacional: mais de 90% delas foram invadidas e tiveram as suas produtividades afetadas. Ainda de acordo com os dados divulgados pelo relatório, uma das razões que explicam o aumento dos ataques cibernéticos a sistemas de Tecnologia Operacional é a sua integração com o TI. “Isto, em si, representa um aumento significativo da superfície de ataque das organizações industriais”.

Também em relatório semestral, publicado em dezembro de 2022, o Instituto Ponemon e a Trend Micro indicam que “1 em cada 3 empresas no mundo foi atacada por hackers mais de sete vezes”.

Essas invasões chegam a causar prejuízos milionários às organizações, isso porque uma das ações desses criminosos é provocar interrupções operacionais e industriais, além desse, outro modo que estes hackers encontram para causar dano às empresas, é  destruir dados operacionais e corporativos ou vazá-los para a dark web.

Funcionários, colaboradores e clientes também têm seus dados confidenciais sequestrados  a partir dessas invasões. Além do já citado dano financeiro, outras consequências são os fortes danos à imagem das empresas, que veem sua reputação sendo descredibilizada perante o mercado.

Como essas invasões ocorrem? 

A maioria dos ataques têm como porta de entrada os e-mails corporativos, com envios de mensagens, arquivos, spams ou links que, quando acessados, introduzem inúmeros vírus, programas fraudulentos que atacam as diretrizes originais do sistema. Processo conhecido como Clickjacking.

Fileless Malware  (um ataque à programas legítimos), Ransomware (ou  sequestro de dados) e  Phishing, ataques que direcionam  os usuários a conteúdos maliciosos, também são modelos de invasão por parte de hackers.

Como as empresas de OT podem evitar invasões de hackers? 

Como pudemos notar, os ataques vêm de diversas formas, de “todos os lados”, por isso, manter a atenção é sempre essencial!

Para combater a invasão de hackers a servidores e dados confidenciais das organizações, faz-se necessário uma ação importantíssima: contratar de empresas especializadas no combate a esses ataques, a exemplo da TLD Teledata que há mais de 20 anos presta serviços eficazes com soluções em segurança da informação, monitoramento de rede, infraestrutura, comunicação e omnichannel. Outra medida indispensável para evitar invasões de hackers é investir na preparação do quadro de funcionários, oferecendo treinamento de segurança da informação, identificando supostas ações prejudiciais à empresa, afinal, muitas vezes, algumas ações deles acabam servindo de porta de entrada dos criminosos.

Manter a atualização dos sistemas da empresa, investir em segurança para Cloud Computing, fazer gestão de vulnerabilidade, utilizar VPNs e softwares de criptografia também são algumas das ações para se ter uma boa segurança dos dados de sua empresa,  prevenindo que informações vazem e atrapalhem o funcionamento da produção.