20.ago | 2021

Por que cuidar da segurança da informação é um diferencial para sua empresa e seus clientes?

Na era digital e com o avanço da tecnologia, diversas organizações precisaram aderir a ferramentas de tecnologia da informação nos seus processos do dia a dia. Essas ferramentas, em sua maioria, armazenam informações em espaços da web, conhecidos como nuvem, mas sem os equipamentos adequados, que monitorem e protejam essas informações, podem ocorrer vazamentos ou invasões por hackers.

O grande problema é que muitas empresas não investem em segurança da informação, colocando dados dos seus clientes em risco. O Brasil é o 2º país que mais sofre ataques cibernéticos do mundo e a cada 40 segundos acontece um “sequestro” de dados no país.

Esses ataques geram problemas de todos os tamanhos, como prejuízo financeiros, perda de dados e credibilidade. Pesquisam apontam que 65% das vítimas desses ataques são pequenas e medias empresas. Com dados tão alarmantes, essas organizações precisam colocar a segurança da informação como prioridade, protegendo seus consumidores de possíveis ataques. Garantir que os dados dos seus clientes estejam protegidos é um diferencial no mercado. Além da facilidade em adquirir seus serviços, o consumidor precisa da tranquilidade de que suas informações estão bem guardadas, evitando assim serem vítimas de golpes futuramente.

Mas, o que é segurança da informação?

São ações para proteção de dados importantes e as informações neles contidas. O principal objetivo das práticas de segurança da informação é: proteger tais dados de ataques digitais, de desastres tecnológicos ou de falhas humanas, respeitando os critérios de confidencialidade, integridade, disponibilidade, autenticidade, irretratabilidade e conformidade, pilares da segurança da informação.

Brasil tem grandes casos de vazamentos de informação; País é o 2º em números de casos no mundo

Em janeiro de 2021, de acordo com G1, aconteceu um vazamento de dados de 223 milhões de brasileiros. Ainda não se tem informações concretas sobre o episódio, mas já se sabe que os dados continham CPF, endereços, dados do LinkedIn e do imposto de renda. Recentemente, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul sofreu um ataque hacker, tendo processos deletados e informações perdidas. Grandes organizações não estão ilesas, é o caso do WhatsApp, Facebook e Google, que nos últimos anos tiveram vazamentos de informações dos seus clientes.

Sua empresa tem ações para proteção dos dados? A TLD TeleData oferece soluções que fortalecem a segurança da informação e a proteção dos dados da sua organização. Quer saber mais? Clique aqui e entre em contato conosco!